Ferramentas
Entrar
  1. Início
  2. Blog
  3. Educação
  4. O ensino à distância veio para ficar?
is-remote-learning-here-to-stay

O ensino à distância veio para ficar?

por Ayla El Assaad

Você também pode ler este artigo em Alemão e Inglês.

Embora a educação esteja voltando ao "normal", há elementos do ensino online que vieram para ficar.

Os modelos de ensino e aprendizagem têm vindo lentamente a mudar para o online. Contudo, a pandemia acelerou a sua aceitação. Mesmo com a reabertura das escolas e universidades, o ensino online parece continuar.

Ensino online e híbrido

Publicado em abril de 2021, o estudo Digital Learning Pulse analisou o ensino remoto pós-pandemia em uma universidade dos EUA. Segundo ele, há uma maior aceitação do ensino e ferramentas online entre alunos e faculdade. Em específico, 73% dos alunos estariam interessados em cursos totalmente online e 68% mostram interesse em um modelo híbrido, que combina o ensino presencial e online.

A RAND Corporation também publicou uma sondagem. Esta concluiu que um em cada cinco distritos escolares nos EUA está ou irá seguir um ensino 100% remoto. E cerca de um em cada dez pratica ou adotará um modelo híbrido. Os pedidos de alunos e pais estão na origem destas mudanças. Assim, as instituições passam a oferecer opções mais flexíveis para manter as matrículas.

Inovação e Edtech

Alunos, professores e pais tiveram de se adaptar aos novos ambientes de aprendizagem. A ampla adoção de ferramentas de tecnologia educacional (edtech) e inovação resultante mudaram a educação.

A Holon IQ publicou um estudo sobre o investimento de capital de empreendedor na edtech. Os resultados mostram que o investimento disparou em 2020, atingindo US$ 16,1 bilhões em comparação com US$ 7 bilhões em 2019. Isso reflete a ideia de que o uso de tecnologia e ferramentas digitais na educação será permanente.

No estudo Digital Learning Pulse, os alunos confirmaram a popularidade das ferramentas online. 67% dos alunos em geral e 68% dos alunos que preferem aulas presenciais querem um maior uso de materiais e recursos digitais.

O estudo da Research for Action também afirma que mais de 80% dos professores continuarão usando a edtech, quer no ensino remoto, quer no presencial.

O aumento do uso de tecnologia na educação tem sido visto em uma ampla variedade de ferramentas e softwares. Desde serviços de conferência a gerenciamento de sala de aula, assinatura eletrônica, gerenciamento de documentos digitais e muito mais. Isso destaca a adoção da tecnologia na sala de aula e na administração interna. Leia mais sobre como as ferramentas digitais podem transformar a administração interna das escolas aqui.

Daqui em diante...

Embora ainda devamos ver como o setor de educação irá evoluir, está claro que seu futuro será sem papel. Para dicas, artigos e mais sobre ferramentas para uma educação sem papel, visite nossa página Smallpdf para a Educação.

Traduzido e adaptado para o português por Inês Sousa

Untitled design (31)
Ayla El Assaad
UX Writer @Smallpdf